João 12, 24-36

Postado por Fifa Carmona | Marcadores: | Posted On terça-feira, 10 de agosto de 2010 at 10:19

"Se alguém quer me servir, siga-me, e onde eu estiver, estará também aquele que me serve. Se alguém me serve, meu Pai o honrará."


Em verdade, em verdade, vos digo: se o grão de trigo que cai na terra não morre, fica só. Mas, se morre, produz muito fruto.
Quem se apega à sua vida, perde-a; mas quem não faz conta de sua vida neste mundo, há de guardá-la para a vida eterna.
Se alguém quer me servir, siga-me, e onde eu estiver, estará também aquele que me serve. Se alguém me serve, meu Pai o honrará.
Sinto agora grande angústia. E que direi? ‘Pai, livra-me desta hora’? Mas foi precisamente para esta hora que eu vim.
Pai, glorifica o teu nome!” Veio, então, uma voz do céu: “Eu já o glorifiquei, e o glorificarei de novo”.
A multidão que ali estava e ouviu, dizia que tinha sido um trovão. Outros afirmavam: “Foi um anjo que falou com ele”.
Jesus respondeu: “Esta voz que ouvistes não foi por causa de mim, mas por vossa causa.
É agora o julgamento deste mundo. Agora o chefe deste mundo vai ser expulso,  e quando eu for elevado da terra, atrairei todos a mim”.
Ele falava assim para indicar de que morte iria morrer.
A multidão disse-lhe: “Nós ouvimos na Lei que o Messias permanecerá para sempre. Como podes dizer que o Filho do Homem precisa ser elevado? Quem é esse Filho do Homem?
Jesus então respondeu: “Por pouco tempo a luz está no meio de vós. Caminhai enquanto tendes luz, para que as trevas não vos dominem. Quem caminha nas trevas não sabe para onde vai.
Enquanto tendes a luz, crede na luz, para que vos torneis filhos da luz”. Depois de lhes ter falado assim, Jesus saiu e escondeu-se deles

Comments:

There are 0 comentários for João 12, 24-36

Powered by beta.joggle.com