Os três últimos desejos

Postado por Fifa | Marcadores: | Posted On quinta-feira, 28 de julho de 2011 at 13:04






Os três últimos desejos 
“Conta a lenda que, à beira da morte, Alexandre (O Grande) convocou todos os seus generais e relatou seus três últimos desejos:
Que seu caixão fosse transportado pelas mãos dos médicos da época;
Que fosse espalhado no caminho até seu túmulo os seus tesouros conquistados (prata, ouro, pedras preciosas…);
Que suas duas mãos fossem deixadas balançando no ar, fora do caixão, à vista de todos.
Um dos seus generais, admirado com esses desejos insólitos, perguntou a Alexandre quais as razões. Alexandre explicou:
1º- Quero que os mais iminentes médicos carreguem meu caixão para mostrar que eles NÃO têm poder de cura perante a morte;
2º- Quero que o chão seja coberto pelos meus tesouros para que as pessoas possam ver que os bens materiais aqui conquistados, aqui permanecem;
3º- Quero que minhas mãos balancem ao vento para que as pessoas possam ver que de mãos vazias viemos e de mãos vazias partimos.

Pense nisso…
E que você continue buscando realizar seus sonhos, mas que se lembre de viver intensamente e de usufruir de seus sentimentos e emoções, pois embora as coisas materiais sejam importantes para nós, elas ficam. Já os sentimentos e as emoções nascem conosco e nos acompanharão nas vidas futuras. Esta é a nossa verdadeira propriedade: o que trouxemos quando aqui chegamos e o que levaremos quando daqui partirmos.”

Se alguém lhe fechar a porta

Postado por Fifa | Marcadores: | Posted On at 12:44







"Se alguém lhe fechar a porta, não gaste energia com o confronto,
procure as janelas. Lembre-se da sabedoria da água: a água nunca discute
com seus obstáculos, mas os contorna."

Querido Deus,para a pessoa que está lendo.
 Ajude-a a viver a vida  ao máximo. Por favor, promova-a e
faça-a superar todas as expectativas. Ajude-a a brilhar nos lugares mais
obscuros onde é impossível amar. Proteja-a o tempo todo e erga-a quando
ela mais precisar de ti, fazendo-a saber que caminhando contigo, Ela
estará sempre segura.

Almoço com Deus

Postado por Fifa | Marcadores: | Posted On at 11:56


























Almoço com Deus...
Um menino queria conhecer Deus.
Sabia que teria que fazer uma grande viagem para chegar aonde Ele vive; por isso, guardou na sua maleta pastéis de chocolate e refrescos de fruta…
E começou a sua viagem. Quando tinha caminhado durante umas horas, encontrou-se com uma velhinha.
Estava sentada num banco do parque, sozinha, a contemplar silenciosamente umas pombas que bicavam migalhas de pão que ela lhes atirava. O menino sentou-se junto dela e abriu a sua maleta.
Começou a beber um dos seus refrescos, quando notou que a velhinha o olhava; então, ofereceu-lhe um refresco. Ela, agradecendo, aceitou-o e sorriu. O seu sorriso era muito belo, tanto que o menino quiz vê-lo de novo; para isso, ofereceu-lhe um dos seus pastéis.
De novo, ela sorriu. O menino estava encantado; e ficou, durante toda a tarde, junto dela, comendo e sorrindo, mesmo sem dizer qualquer palavra. Quando escureceu, o menino levantou-se para ir embora.
Deu alguns passos, mas logo se parou; voltou atrás, correu para a velhinha e abraçou-a.
Ela, depois de o abraçar, dedicou-lhe o maior sorriso da sua vida. Quando o menino chegou a casa, a sua mãe ficou surpreendida com o rosto de felicidade que ele manifestava.
Então, perguntou-lhe:
“Filho, que   fizeste hoje para vires tão feliz?".
O menino respondeu-lhe:        
"Hoje almocei com Deus!"...
E, antes que sua mãe reagisse, acrescentou:
“E - sabes? - Tem o sorriso mais belo como nunca vi!" Entretanto, a velhinha, também radiante de felicidade, regressou a sua casa.
     O seu filho, ao vê-la, ficou  surpreendido com a expressão de paz que se reflectia no seu rosto, e perguntou-lhe:
      "Mamã, que fizeste hoje que vens tão feliz?”
     A velhinha respondeu-lhe:
      "Comi pastéis de chocolate com Deus, no parque!”
     E, antes que o filho lhe respondesse, acrescentou:
     “E - sabes? - é mais jovem do que eu pensava!"

CONCLUSÃO:
Com frequência, não  damos valor à importância de um abraço,
de uma  palmadinha nas costas, de um sorriso sincero, de uma palavra de alento, de um ouvido que escuta, de un cumprimento sincero, ou do acto mais insignificante de preocupação amiga...
     Porém, todos esses  pormenores têm o mágico poder de  mudar a tua vida ou a dos outros, de lhe causar uma grande reviravolta e de lhe transmitir a felicidade. Todas as pessoas chegam às nossas vidas por uma qualquer razão, seja apenas durante um certo tempo ou seja para toda uma vida.
                              Recebe-as a todas por igual!

    AH! NÃO TE ESQUEÇAS DE ALMOÇAR SEMPRE COM DEUS!...
E, se o desejares, indique esta mensagem às pessoas que marcaram a tua vida  de um modo especial, qualquer que ele tenha sido…
numa  situação fogaz da tua existência
ou com efeitos em toda a tua  vida… 
Powered by beta.joggle.com