Orações pelas Vocações

Postado por Fifa | Marcadores: | Posted On domingo, 1 de agosto de 2010 at 19:51

ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES

"DEIXA TUDO DEPOIS VEM E SEGUE-ME"

Senhor, queremos ouvir vossa voz.
Que o Espírito Santo nos ajude a perceber na história em nossa vida o vosso insistente chamado e a respondê-lo com amor.
Despertai, Senhor, pessoas que se entreguem inteiramente ao vosso serviço.
Nossas comunidades necessitam de pastores que as sirvam, animem e coordenem; de profetas que denunciem a nossa infidelidade e anunciem a vossa Boa Nova; e de sacerdotes que promovam a unidade e celebrem os vossos mistérios. Que todos, na Igreja, contribuam para construção do vosso Reino.
Ó Maria, mãe Imaculada, padroeira de nossa Arquidiocese, ficai conosco. Que se conservem na Igreja a alegria e a força que se irradiam da vossa vida, para que saíbamos ouvir os apelos de Deus e sejamos fiéis e generosos no seguimento do Senhor.

AMÉM

Semanário Litúrgico

Postado por Fifa | Marcadores: | Posted On at 19:21

Leituras do dia


Primeira Leitura
Eclo:1,2; Eclo:2,21-23

Quem pôde contar a areia do mar, as gotas da chuva, os dias do tempo?
Quem pôde medir a altura do céu, a extensão da terra, a profundeza do abismo?
Os que temem o Senhor guardam seus mandamentos e perseveram até a sua vinda. }
Eles dizem: “Mesmo não convertidos   cairemos nas mãos do Senhor e não nas dos homens,  pois tamanha é a sua grandeza, tão grande é a sua misericórdia!”

Salmo Responsorial
Sal:90,3-17
Fazes o homem voltar ao pó dizendo: “Voltai, filhos de Adão!”
A teus olhos, mil anos são como o dia de ontem que passou, como um turno de vigília na noite.
Tu os mergulhas no sono; são como a erva que brota de manhã:  de manhã brota, germina, de tarde murcha e seca.
Porque somos destruídos por tua ira, estamos apavorados com teu furor.
Diante de ti pões nossas culpas, e nossos pecados ocultos à luz do teu rosto.
Nossos dias todos se dissipam pela tua ira, acabam nossos anos como um sopro.
Nossos anos de vida são setenta, oitenta para os mais robustos, mas pela maior parte são fadiga e aborrecimento, passam logo e nós voamos.
Quem conhece o ímpeto da tua ira, quem teme a violência do teu furor?
Ensina-nos a contar nossos dias e assim teremos um coração sábio.
Volta-te, SENHOR, até quando? Tem compaixão dos teus servos!
Sacia-nos de manhã com tua graça, para exultarmos de alegria pela vida afora.
Alegra-nos em troca dos dias em que nos afligiste, dos anos em que vimos a desgraça.
Que teus servos vejam a tua obra e teus filhos a tua glória.
Esteja sobre nós a bondade do Senhor, nosso Deus. A obra de nossas mãos confirma para nós.

Segunda Leitura
Col:3,1-5; Col:3,9-11
Se ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas do alto, onde Cristo está entronizado à direita de Deus; cuidai das coisas do alto, não do que é da terra.
Pois morrestes, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.
Quando Cristo, vossa vida, se manifestar, então vós também sereis manifestados com ele, cheios de glória.
Portanto, mortificai os vossos membros, isto é, o que em vós pertence à terra: imoralidade sexual, impureza, paixão, maus desejos, especialmente a ganância, que é uma idolatria. também não mintais uns aos outros, pois já vos despojastes do homem velho e da sua maneira de agir  e vos revestistes do homem novo, o qual vai sendo sempre renovado à imagem do seu criador, a fim de alcançar um conhecimento cada vez mais perfeito.
Aí não se faz mais distinção entre grego e judeu, circunciso e incircunciso, bárbaro, cita, escravo, livre, porque agora o que conta é Cristo, que é tudo e está em todos.

Evangelho
Lc:12,13-21
Alguém do meio da multidão disse a Jesus: “Mestre, dize ao meu irmão que reparta a herança comigo”.
Ele respondeu: “Homem, quem me encarregou de ser juiz ou árbitro entre vós?”
E disse-lhes: “Atenção! Guardai-vos de todo tipo de ganância, pois mesmo que se tenha muitas coisas, a vida não consiste na abundância de bens”.
E contou-lhes uma parábola: “A terra de um homem rico deu uma grande colheita.
Ele pensava consigo mesmo: ‘Que vou fazer? Não tenho onde guardar minha colheita’.
Então resolveu: ‘Já sei o que fazer! Vou derrubar meus celeiros e construir maiores; neles vou guardar todo o meu trigo, junto com os meus bens.
Então poderei dizer a mim mesmo: Meu caro, tens uma boa reserva para muitos anos. Descansa, come, bebe, goza a vida! ’
Mas Deus lhe diz: ‘Tolo! Ainda nesta noite, tua vida te será retirada. E para quem ficará o que acumulaste? ’
Assim acontece com quem ajunta tesouros para si mesmo, mas não se torna rico diante de Deus”.
Powered by beta.joggle.com