Coríntios II 7

Postado por Fifa Carmona | Marcadores: | Posted On sábado, 17 de julho de 2010 at 22:54

Em posse dessas promessas, caríssimos, purifiquemo-nos de toda mancha do corpo e do espírito, completando a nossa santificação, no temor de Deus.
Dai-nos lugar em vossos corações. Não cometemos injustiça contra ninguém, não corrompemos ninguém, não defraudamos ninguém.
Não digo isso para vos condenar. Aliás, já vos disse que estais em nossos corações para a morte e para a vida.
Tenho grande confiança em vós, orgulho-me de vós. Estou cheio de consolação e transbordo de alegria, em todas as nossas aflições.
Com efeito, tendo chegado à Macedônia, não tivemos sossego. Pelo contrário, sofremos todo tipo de tribulação: fora de nós, lutas; dentro de nós, temores.
Deus, porém, que conforta os humildes, confortou-nos com a chegada de Tito.
E não somente com a chegada de Tito, mas também com o reconforto que ele recebeu de vós. De fato, ele contou-nos sobre vossa saudade, vossas lágrimas, o vosso grande amor por mim, de modo que minha alegria aumente ainda mais.
Na verdade, mesmo se vos contristei com minha carta, não me arrependo. E mesmo se me tivesse arrependido — pois vejo que essa carta, ainda que por um momento, vos entristeceu —, agora alegro-me, não porque ficastes tristes, mas porque a vossa tristeza vos levou ao arrependimento. De fato, a vossa tristeza foi uma tristeza segundo Deus e, portanto, não vos prejudicamos em nada.
Pois a tristeza segundo Deus produz o arrependimento e, assim, leva à salvação. E isso ninguém lamentará! Mas a tristeza segundo o mundo produz a morte.
Vede o que a tristeza segundo Deus produziu entre vós: quanta solicitude, quantas escusas, quanta indignação; que temor, que saudade, que zelo, que punição! Mostrastes, de todas as maneiras, que não tínheis nenhuma culpa no caso em questão.
Portanto, se eu vos escrevi, não foi por causa do ofensor, nem por causa do ofendido. Foi para provocar entre vós uma clara manifestação da vossa solicitude por nós, diante de Deus.
Isso nos consolou. E, além dessa consolação pessoal, tivemos uma alegria muito maior, motivada pela alegria de Tito, que foi reconfortado por todos vós.
Na verdade, se diante dele eu me gloriei um pouco de vós, não fiquei envergonhado. Mas, como sempre vos tenho dito a verdade, assim também o elogio que fizemos de vós, diante de Tito, se mostrou fundado na verdade.
E a sua afeição por vós cresce mais ainda, ao lembrar-se da obediência de todos vós e de como o recebestes, com temor e tremor.
Alegro-me de poder confiar plenamente em vós.






Salmos, 145

Postado por Fifa Carmona | Marcadores: | Posted On at 22:46


Ó Deus, meu rei, quero exaltar-te e bendizer teu nome eternamente e para sempre,
Quero bendizer-te todo dia, louvar teu nome eternamente e para sempre.
Grande é o SENHOR e digno de todo louvor, não se pode medir sua grandeza.
Uma geração conta à outra as tuas obras, anuncia tuas maravilhas.
Proclama o esplendor glorioso da tua majestade e narram teus prodígios.
Mostram a força das tuas temíveis intervenções e falam da tua grandeza.
Difundem a lembrança da tua imensa bondade, celebram com júbilo tua justiça.
O SENHOR é clemente e misericordioso, lento para a ira e rico de graça.
O SENHOR é bom para com todos, compassivo com todas as suas criaturas.
Que todas as tuas obras te louvem, SENHOR, e te bendigam os teus fiéis.
Proclamem a glória do teu reino e falem do teu poder,  para manifestar aos homens os teus prodígios e a esplêndida glória do teu reino.
Teu reino é reino de todos os séculos, teu domínio se estende a todas as gerações. § Fiel é o SENHOR em suas palavras, santo em todas as suas obras.
O SENHOR ampara todos os que caem e reergue todos os combalidos.
Os olhos de todos em ti esperam e tu lhes forneces o alimento na hora certa.
Abres a mão e sacias o desejo de todo ser vivo.
O SENHOR é justo em todos os seus caminhos, santo em todas as suas obras.
O SENHOR está perto de todos os que o invocam, dos que o invocam de coração sincero.
Satisfaz o desejo dos que o temem, escuta o seu clamor e os salva.
O SENHOR protege todos os que o amam, mas destrói todos os ímpios.
Que minha boca fale o louvor do SENHOR e todo ser vivo bendiga o seu nome santo, eternamente e para sempre.

Romanos, 4

Postado por Fifa Carmona | Marcadores: | Posted On at 22:39

Que diremos de Abraão, nosso Pai segundo a carne? Que terá ele conseguido?
Pois, se Abraão se tornou justo em virtude das obras, ele tem de que se gloriar… mas não aos olhos de Deus!
Com efeito, que diz a Escritura? “Abraão creu em Deus, e isso lhe foi levado em conta como justiça”.
Ora, para quem faz determinada obra, o salário não é contado como um presente, mas como coisa devida; ao contrário, quem, sem fazer obras, crê naquele que torna justo o ímpio, a sua fé é levada em conta como justiça.
É assim que Davi declara feliz o homem a quem Deus atribui a justiça independentemente das obras:
“Felizes aqueles cujas transgressões foram perdoadas e cujos pecados foram cobertos;  feliz o homem cujo pecado o Senhor não leva em conta”.
Essa declaração de felicidade diz respeito só aos circuncisos ou também aos incircuncisos? Pois dizemos: “Para Abraão a fé foi levada em conta como justiça”.
Em que circunstâncias se deu isso: para Abraão circuncidado ou não? Não quando já estava circuncidado, mas quando era ainda incircunciso.
E ele recebeu o sinal da circuncisão como selo da justiça que possuía, pela fé, quando ainda incircunciso. Assim, tornou-se pai de todos os crentes incircuncisos, aos quais foi conferida a justiça;  tornou-se pai, também, daqueles circuncisos que, além de circuncidados fisicamente, seguem as pegadas da fé do nosso pai Abraão quando ainda incircunciso.
Não foi por causa da Lei, mas por causa da justiça que vem pela fé, que Deus prometeu a Abraão ou à sua descendência ser herdeiro no mundo.
Portanto, se forem herdeiros os que se contentam com a Lei, a fé é esvaziada e a promessa fica sem efeito.
Pois a Lei produz a ira: onde não há lei, também não há transgressão.
Por conseguinte, é em virtude da fé que se dá a herança como dom gratuito; assim, a promessa continua firme para toda a descendência: não só para os que se firmam na Lei, mas para todos os que, acima de tudo, se firmam na fé, como Abraão, que é o pai de todos nós.
Pois é assim que está escrito: “Eu te constituí pai de muitos povos”. Pai diante de Deus, porque creu em Deus que vivifica os mortos e chama à existência o que antes não existia.
Esperando contra toda esperança, ele firmou-se na fé e, assim, tornou-se pai de muitos povos, conforme lhe fora dito: “Assim será tua posteridade”.
Não fraquejou na fé, à vista de seu físico desvigorado por sua idade, quase centenária, ou considerando o útero de Sara já incapaz de conceber.
Diante da promessa divina, não vacilou por falta de fé, porém, revigorando-se na fé, deu glória a Deus: estava plenamente convencido de que Deus tem poder para cumprir o que prometeu.
Esta sua disposição foi levada em conta como justiça para ele.
Afirmando que “foi levada em conta para ele”, a Escritura visa não só a Abraão, mas também a nós: a fé será levada em conta † como justiça para nós que cremos naquele que ressuscitou dos mortos a Jesus, nosso Senhor, entregue por causa de nossos pecados e ressuscitado para nossa justificação.

Salmos 1

Postado por Fifa Carmona | Marcadores: | Posted On at 22:30

Feliz quem não segue o conselho dos maus, não anda pelo caminho dos pecadores nem toma parte nas reuniões dos zombadores, mas na lei do SENHOR encontra sua alegria e nela medita dia e noite.
Ele será como uma árvore plantada à beira de um riacho, que dá fruto no devido tempo; suas folhas nunca murcham; e em tudo quanto faz sempre tem êxito.
Os maus, porém, não são assim; são como a palha carregada pelo vento.
Por isso não poderão enfrentar o julgamento e os pecadores não têm vez na reunião dos justos.
Pois o SENHOR protege a caminhada dos justos, mas o caminho dos maus leva à desgraça.

II Timóteo

Postado por Fifa Carmona | Marcadores: | Posted On at 22:24


Paulo, apóstolo do Cristo Jesus pela vontade de Deus, segundo a promessa da vida que há no Cristo Jesus,
a Timóteo, meu querido filho: graça, misericórdia e paz, da parte de Deus Pai e do Cristo Jesus, nosso Senhor!
Dou graças a Deus — a quem sirvo com a consciência pura como aprendi de meus pais —, quando sem cessar, noite e dia, faço menção de ti em minhas orações.
Lembrando-me de tuas lágrimas, sinto grande desejo de rever-te e, assim, encher-me de alegria.
Recordo-me também da fé sincera que há em ti, fé que habitou, primeiro, em tua avó Loide e em tua mãe Eunice, e que certamente habita também em ti.
Por isso, quero exortar-te a reavivar o carisma que Deus te concedeu pela imposição de minhas mãos.
Pois Deus não nos deu um espírito de covardia, mas de força, de amor e de moderação.
Portanto, não te envergonhes de testemunhar a favor de nosso Senhor, nem te envergonhes de mim, seu prisioneiro; mas, sustentado pela força de Deus, sofre comigo pelo evangelho.
Deus nos salvou e nos chamou com uma vocação santa, não em atenção às nossas obras, mas por causa do seu plano salvífico e da sua graça, que nos foi dada no Cristo Jesus antes de todos os tempos.
Esta graça foi agora manifestada pela aparição de nosso Salvador, Cristo Jesus, o qual destruiu a morte e fez brilhar a vida e a imortalidade por meio do evangelho,  do qual fui constituído pregador, apóstolo e mestre.
É por isso que estou suportando também os presentes sofrimentos, mas não me envergonho. Pois sei em quem acreditei, e estou certo de que ele é poderoso para guardar até aquele dia o bem a mim confiado.
Toma como norma as palavras salutares que de mim ouviste na fé e no amor do Cristo Jesus.
Guarda o precioso bem a ti confiado com a ajuda do Espírito Santo que habita em nós.
Sabes que me abandonaram todos os da Ásia, entre os quais Figelo e Hermógenes.
O Senhor faça misericórdia à família de Onesíforo, porque muitas vezes me confortou e não teve vergonha das minhas correntes.
Pelo contrário, tendo chegado a Roma, procurou-me diligentemente até me encontrar.
O Senhor lhe conceda alcançar misericórdia da parte do Senhor, naquele dia. E quantos serviços ele me prestou em Éfeso, tu sabes melhor que ninguém.

Salmos, 150

Postado por Fifa Carmona | Marcadores: | Posted On at 22:09



Aleluia! Louvai a Deus no seu santuário, louvai-o no firmamento do seu poder.

Louvai-o por suas grandes obras, louvai-o pela sua imensa grandeza.

Louvai-o tocando trombetas, louvai-o com harpa e cítara;  louvai-o com tímpanos e danças, louvai-o nas cordas e nas flautas.
Louvai-o com címbalos sonoros, louvai-o com címbalos retumbantes; todo ser vivo louve o SENHOR. Aleluia!

Passagem Biblica

Postado por Fifa Carmona | Marcadores: | Posted On at 19:01

O CÉU


Minha alma desfalece e suspira pelos átrios do Senhor

A saudade do céu. Imaginar os átrios de Deus vivo te dá saudades dos céus....
Eu estou preparando tua casa nos céus. Ela está quase terminada, e virei logo te buscar. Já estou reunindo os membros da tua querida família para trazê-los a casa. Certamente ficarás feliz de ver tudo o que te preparei.
A glória do céu é tão grande que, quando as portas da Cidade se abrem para a passagem dos anjos que buscam na terra algum peregrino, esta glória brilha como uma cascata de luz. A faixa de luz desce até ele em caminho brilhante e retorna com ele para o céu. Esta glória mesma, que ele conheceu em parte, atrai sua alma até minha presença.
Quando buscas a minha glória te aproximas do céu, e tua entrada na tua nova mansão é facilitada.
Todos os que estão em meus átrios me louvam, pois as tristezas da terra já passaram. Eles esqueceram as dores do coração e as lágrimas. Eles se alegram com seus bem-amados, e todos juntos me celebram. Eles permanecem no louvor. Quero que pares de reclamar e que permaneças no meu louvor. Assim conhecerás a plenitude da minha  glória.
Que teu coração e tua carne gritem por mim. Ama-me, ama-me ainda mais, e tua vida será plena da glória do céu.

Passagem Biblica

Postado por Fifa Carmona | Marcadores: | Posted On at 18:40

TEU INIMIGO NADA MAIS É QUE PALHA


Meu Deus, trata-os como folhas que turbilhão arrasta,
como a palha à mercê do vento.

Para o salmista, seus inimigos são criadores de problemas. Ele sabe que eles apenas criam problemas ao povo Deus, e pede-me que os desenraize e os expulse de meu reino. Ele sabe que seus adversários são fortes e poderosos; estes odeios meus eleitos, e fizeram uma liga contra meu povo para destruí-lo. Nunca esqueças que o ódio é uma forma de assassinato: Todo aquele que odeia o seu irmão é um homicida. Esta aversão os secará até a raiz. Então soprarei sobre eles o vento do meu Espírito, pois nenhuma erva má pode subsistir em presença de minha santidade. Satá e seus servos detestam meu povo santo. Nunca temas teus inimigos. Ora apenas para que busquem o meu nome, para serem reconhecidos não pelos homens, mas por mim. Enquanto muitos trabalham duro para tentar provar seu valor ao mundo, tu deves buscar minha aprovação somente. Assim serás como uma árvore plantada à beira de um riacho, que dá fruto no devido tempo; suas folhas nunca murchem, e em tudo quanto faz sempre tem êxito. Os maus, porém, não são assim, são como palha carregada pelo vento.

Passagem Biblica

Postado por Fifa Carmona | Marcadores: | Posted On at 12:47

AS PROVAÇÕES DIFÍCEIS E AMARGAS DA VIDA REVELAM A INTEGRIDADE DA TUA ALMA


Gritaste a mim na angústia e eu te libertei, envolto na nuvem te dei resposta, te provei junto às águas de Meriba.

Nas dificuldades da existência é que eu te provo. Nós dois precisamos saber quanto és puro e forte. O Espírito Santo sonda, a todo momento, as profundezas da alma de meu povo mediante provações e sofrimentos, situações difíceis e tentações; ele visita os domínios mais secretos da tua alma, a fim de revelar todos os pecados ocultos. O que eu busco antes de tudo no ser humano é a integridade.
Este é um tempo de provações. Os que hesitam hoje não caem todos porque foram acidentalmente tentados e falharam. Mas a maioria cai porque nunca conheceu a pureza. Podem ser comparados a um espesso galho de árvore. Durante anos parece saudável, mas quando a tempestade chega, o galho se quebra. Ficam expostos os vermes e a podridão escondidos há muito tempo, que corroeram o interior e destruíram a força e a saúde. As tempestades estão chegando. Dias terríveis de provação virão sobre o mundo e meu povo não será poupado. Verás muitos galhos aparentemente saudáveis, sólidos como carvalhos, quebrando-se. Ficarás aterrado com estas revelações, mas isto é apenas o momento da prova. No mais profundo do coração dos filhos de Deus se encontraram os mesmos espíritos que atacaram Moisés usando os filhos de Israel, espíritos de intriga, conflito, falsas acusações. Assistirás igrejas, ministérios, famílias e amigos se dividindo: na verdade essas falhas sempre estiveram lá, mas a provação apenas as trouxe à luz. Quero que conheças minha pureza, que peças essa pureza e te apropries dela. Mas como faria isso não vês a que ponto precisas dela? É por isso que envio provações em tua vida, para manifestar tuas imperfeições e os vermes que poderiam carcomer tua alma até a morte. Deve enxergá-los antes que seja tarde demais, antes que o galho se quebre ou que o carvalho de tua vida desmorone.


Powered by beta.joggle.com