MENSAGEM - Pe. Marcelo Rossi

Postado por Fifa | Marcadores: | Posted On segunda-feira, 25 de julho de 2011 at 22:19






Tem pão velho?
Era um fim de tarde de domingo, a pessoa estava molhando o jardim da casa quando foi interpelada por um
garotinho com pouco mais de Nove anos, dizendo:
Tem pão velho?
Essa coisa de pedir pão velho sempre me incomodou desde criança.
Na adolescência descobri que pedir pão velho era dizer:
me dá o pão que era meu e ficou na sua casa.
Olhei para aquela criança tão nostálgica e perguntei:
 Onde você mora?
- Depois do zoológico. - Bem longe, hein! - É... mas eu tenho que pedir as coisas para comer. - Você está na escola? - Não. Minha mãe não pode comprar material. - Seu pai mora com vocês? - Ele sumiu.
E o papo prosseguiu, até que eu lhe disse:
 Vou buscar o pão, serve pão novo? - Não precisa não, a Senhora já conversou comigo!
Esta resposta caiu como um raio.
Eu tive a sensação de ter absorvida de toda a solidão e a falta de amor desta criança.
Deste menino de apenas Nove anos, já sem sonhos, sem brinquedos, sem comida, sem escola e tão necessitado
de um papo, de uma conversa amiga.
Que poder tem o gesto de falar e escutar com amor!
Alguns anos já se passaram e continuam pedindo "pão velho" na minha casa e eu dando "pão novo",
mas procurando antes compartilhar o pão das pequenas conversas, o pão dos gestos que acolhem e promovem.


Este pão de amor-Ágape não fica velho, porque é fabricado no coração.
O Ágape nos faz entender em pequenos gestos, em pequenas palavras no Ágape, no amor generoso,
no amor doação, você transforma vidas.


"Deus, nosso Divino Pai e Criador, por favor, ande pela minha  casa e tire todas as minhas preocupações e doenças e por favor vigie e  cure a minha família." 
Amém 

MENSAGEM

Postado por Fifa | Marcadores: | Posted On at 22:03






Imagine...que um Anjo de Deus está ao seu lado neste momento...  Silêncio...Mantenha-se tranquilo e pense em todos os problemas que gostaria de solucionar. Tudo que te angustia, que te faz chorar,te oprime, te preocupa, te deixa triste. Deixe de ter medo do futuro, de equivocar-se, de escolher um caminho errado...
Pense agora em tudo isso... Abra o seu coração e imagine-se entregando tudo isso a Deus.
Coloque suas mãos em posição de entrega. Imagine-se entregando tudo agora, como quem entrega um saco bem pesado a outra pessoa para que o leve.  Agora, imagine tudo de bom
que você quer que aconteça, ou que já tenha acontecido na sua vida. Momentos de felicidade, de amizade, de carinho, de paz, de amor. Imagine-se colocando tudo isso em suas mãos,  e faça um gesto de estar guardando em seu coração,como se guardasse uma jóia numa caixa. Guarde esse tesouro bem dentro de você, e dê “Graças”, com muita fé, de coração. Agradeça...por tudo de bom que virá e por tudo de mal que irá embora. Conte até  três e respire bem fundo. Agora... imagine que o Anjo voou e está levando as suas orações até Deus.
E que DEUS te abençoe...
Hoje e Sempre!

A Prece

Postado por Fifa | Marcadores: | Posted On at 09:27


































A prece é uma invocação, mediante a qual o homem entra, pelo pensamento, em comunicação com o ser a quem se dirige. Pode ter por objeto um pedido, um agradecimento, ou uma glorificação. Podemos orar por nós mesmos ou por outrem, pelos vivos ou pelos mortos. As preces feitas a Deus escutam-nas os Espíritos incumbidos da execução de suas vontades; as que se dirigem aos bons Espíritos são reportadas a Deus. Quando alguém ora a outros seres que não a Deus, fá-lo recorrendo a intermediários, a intercessores, porquanto nada sucede sem a vontade de Deus.
O Espiritismo torna compreensível a ação da prece, explicando o modo de transmissão do pensamento, quer no caso em que o ser a quem oramos acuda ao nosso apelo, quer no em que apenas lhe chegue o nosso pensamento. Para apreendermos o que ocorre em tal circunstância, precisamos conceber mergulhados no fluido universal, que ocupa o espaço, todos os seres, encarnados e desencarnados, tal qual nos achamos, neste mundo, dentro da atmosfera. Esse fluido recebe da vontade uma impulsão; ele é o veículo do pensamento, como o ar o é do som, com a diferença de que as vibrações do ar são circunscritas, ao passo que as do fluido universal se estendem ao infinito. Dirigido, pois, o pensamento para um ser qualquer, na Terra ou no espaço, de encarnado para desencarnado, ou vice-versa, uma corrente fluídica se estabelece entre um e outro, transmitindo de um ao outro o pensamento, como o ar transmite o som.
A energia da corrente guarda proporção com a do pensamento e da vontade. É assim que os Espíritos ouvem a prece que lhes é dirigida, qualquer que seja o lugar onde se encontrem; é assim que os Espíritos se comunicam entre si, que nos transmitem suas inspirações, que relações se estabelecem a distância entre encarnados.
Essa explicação vai, sobretudo, com vistas aos que não compreendem a utilidade da prece puramente mística. Não tem por fim materializar a prece, mas tornar-lhe inteligíveis os efeitos, mostrando que pode exercer ação direta e efetiva. Nem por isso deixa essa ação de estar subordinada à vontade de Deus, juiz supremo em todas as coisas, único apto a torná-la eficaz.
Pela prece, obtém o homem o concurso dos bons Espíritos que acorrem a sustentá-lo em suas boas resoluções e a inspirar-lhe idéias sãs. Ele adquire, desse modo, a força moral necessária a vencer as dificuldades e a volver ao caminho reto, se deste se afastou. Por esse meio, pode também desviar de si os males que atrairia pelas suas próprias faltas. Um homem, por exemplo, vê arruinada a sua saúde, em conseqüência de excessos a que se entregou, e arrasta, até o termo de seus dias, uma vida de sofrimento: terá ele o direito de queixar-se, se não obtiver a cura que deseja? Não, pois que houvera podido encontrar na prece a força de resistir às tentações.

(Fonte: O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. XXVII, itens 9 a 11.)
Powered by beta.joggle.com