Salmos 45

Postado por Fifa | Marcadores: | Posted On terça-feira, 6 de julho de 2010 at 13:51

PARA SEMPRE DEUS TE ABENÇOOU


Do meu coração nasce um lindo poema, vou cantar meus versos para o rei. Minha língua é como a pena de um escritor veloz.
Tu és o mais belo dos homens, nos teus lábios se espalha a graça, por isso Deus te abençoou para sempre.
Herói, põe a espada no teu cinto, no esplendor da tua majestade, avança, sobe ao carro em defesa da verdade, da mansidão e da justiça. Tua mão direita te ensine prodígios; tuas flechas agudas vão acertar o coração dos teus inimigos; a teus pés vão cair os povos.
O teu trono, ó Deus, dura para sempre, é cetro justo o cetro do teu reinado.
Amas a justiça e odeias a iniqüidade; por isso Deus, o teu Deus, te consagrou com óleo de alegria, de preferência a teus iguais.
Tuas vestes têm o perfume de mirra, aloé e cássia, dos palácios de marfim te alegra o som das cítaras.
Filhas de reis estão entre as tuas prediletas; a rainha está à tua direita, vestida com ouro de Ofir.
“Ouve, filha, inclina o ouvido, esquece teu povo e a casa de teu pai; que agrade ao rei a tua beleza. Ele é teu senhor: curva-te diante dele.” —
De Tiro vêm trazendo presentes, os mais ricos do povo procuram teu favor.
Entra com todo esplendor a filha do rei, tecido de ouro é seu vestido; é apresentada ao rei com preciosos bordados, com ela as damas de honra a ti são conduzidas; guiadas em alegria e exultação, entram juntas no palácio real.
A teus pais sucederão teus filhos; deles farás príncipes por toda a terra.
Farei recordar teu nome por todas as gerações, por isso os povos te louvarão para todo sempre.

Romanos 8, 31-39

Postado por Fifa | Marcadores: | Posted On at 13:22

O AMOR SALVADOR DE DEUS


Depois disto, que dizer ainda? Se Deus é por nós, quem será contra nós?
Deus, que não poupou seu próprio Filho, mas o entregou por todos nós, como é que, com ele, não nos daria tudo?
Quem acusará os escolhidos de Deus? Deus, que justifica?
Quem condenará? Cristo Jesus, que morreu, mais ainda, que ressuscitou e está à direita de Deus, intercedendo por nós?
Quem nos separará do amor de Cristo? Tribulação, angústia, perseguição, fome, nudez, perigo, espada?
Pois está escrito: “Por tua causa somos entregues à morte, o dia todo; fomos tidos como ovelhas destinadas ao matadouro”.
Mas, em tudo isso, somos mais que vencedores, graças àquele que nos amou.
Tenho certeza de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem o presente, nem o futuro, nem as potências, nem a altura, nem a profundeza, nem outra criatura qualquer será capaz de nos separar do amor de Deus, que está no Cristo Jesus, nosso Senhor.

Mateus 1, 18-25

Postado por Fifa | Marcadores: | Posted On at 13:07

NASCIMENTO DE JESUS


Ora, a origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José e, antes de passarem a conviver, ela encontrou-se grávida pela ação do Espírito Santo.
José, seu esposo, sendo justo e não querendo denunciá-la publicamente, pensou em despedi-la secretamente.
Mas, no que lhe veio esse pensamento, apareceu-lhe em sonho um anjo do Senhor, que lhe disse: “José, Filho de Davi, não tenhas receio de receber Maria, tua esposa; o que nela foi gerado vem do Espírito Santo.
Ela dará à luz um filho, e tu lhe porás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados”.
Tudo isso aconteceu para se cumprir o que o Senhor tinha dito pelo profeta:
“Eis que a virgem ficará grávida e dará à luz um filho. Ele será chamado pelo nome de Emanuel, que significa: Deus-conosco”.
Quando acordou, José fez conforme o anjo do Senhor tinha mandado e acolheu sua esposa.
E, sem que antes tivessem mantido relações conjugais, ela deu à luz o filho. E ele lhe pôs o nome de Jesus.

Lucas 2, 41-52

Postado por Fifa | Marcadores: | Posted On at 12:26

JESUS COM DOZE ANOS

Todos os anos, os pais de Jesus iam a Jerusalém para a festa da Páscoa.
Quando completou doze anos, eles foram para a festa, como de costume.
Terminados os dias da festa, enquanto eles voltavam, Jesus ficou em Jerusalém, sem que seus pais percebessem.
Pensando que se encontrasse na caravana, caminharam um dia inteiro. Começaram então a procurá-lo entre os parentes e conhecidos.
Mas, como não o encontrassem, voltaram a Jerusalém, procurando-o.
Depois de três dias, o encontraram no templo, sentado entre os mestres, ouvindo-os e fazendo-lhes perguntas.
Todos aqueles que ouviam o menino ficavam maravilhados com sua inteligência e suas respostas.
Quando o viram, seus pais ficaram comovidos, e sua mãe lhe disse: “Filho, por que agiste assim conosco? Olha, teu pai e eu estávamos, angustiados, à tua procura!” 
 Ele respondeu: “Por que me procuráveis? Não sabíeis que eu devo estar naquilo que é de meu pai?”
Eles, porém, não compreenderam a palavra que ele lhes falou.
Jesus desceu, então, com seus pais para Nazaré e era obediente a eles. Sua mãe guardava todas estas coisas no coração.
E Jesus ia crescendo em sabedoria, tamanho e graça diante de Deus e dos homens.

Isaías 43, 16-19

Postado por Fifa | Marcadores: | Posted On at 10:15

A SALVAÇÃO


Assim diz o SENHOR, aquele que abriu caminho pelo mar, passagem entre as águas violentas e trouxe carros e cavalos, batalhões de elite. Foram derrubados, jamais se levantarão, acabaram, apagaram-se como um pavio:

“Não deveis ficar lembrando as coisas de outrora, nem é preciso ter saudades das coisas do passado.

Eis que estou fazendo coisas novas, estão surgindo agora e vós não percebeis? Sim, no deserto eu abro um caminho, rasgo rios na terra seca.

Santo do dia

Postado por Fifa | Marcadores: | Posted On at 10:04

A Igreja, neste dia, celebra a virgem e mártir que encantou e continua enriquecendo os cristãos com seu testemunho de "sim" a Deus e "não" ao pecado. Nascida em Corinaldo, centro da Itália, era de família pobre, numerosa e camponesa, mas muito temente a Deus.
Com a morte do pai, Maria Goretti, com os seus, foram morar num local perto de Roma, sob o mesmo teto de uma família composta por um pai viúvo e dois filhos, sendo um deles Alexandre. Aconteceu que este jovem por várias vezes tentou seduzir Goretti, que ficava em casa para cuidar dos irmãozinhos. E por ser uma menina temente a Deus, sua resposta era cheia de maturidade: "Não, não, Deus não quer; é pecado!"
Santa Maria Goretti, certa vez, estava em casa e em oração, por isso quando o jovem, que era de maior estatura e idade, tentou novamente seduzi-la, Goretti resistiu com mais um grande não. A resposta de Alexandre foram 14 facadas, enquanto da parte de Goretti, percebemos a santidade, na confidência à sua mãe: "Sim, o perdôo... Lá no céu, rogarei para que ele se arrependa... Quero que ele esteja junto comigo na glória eterna".
O martírio desta adolescente, de apenas 12 anos, foi a causa da conversão do jovem assassino, que depois de sair da cadeia esteve com as 400 mil pessoas, na Praça de São Pedro, na ocasião da canonização dessa santa, e ao lado da mãe dela, que o perdoou também.
Santa Maria Goretti manteve-se pura e santa por causa do seu amor a Deus, por isso na glória reina com Cristo.


Santa Maria Goretti, rogai por nós!

Reis 22

Postado por Fifa | Marcadores: | Posted On at 09:52

Passaram-se três anos sem guerra entre Aram e Israel.
No terceiro ano, Josafá, rei de Judá, foi visitar o rei de Israel.
O rei de Israel disse a seus oficiais: “Ignorais que Ramot de Galaad é nossa e nós descuidamos de retomá-la das mãos do rei de Aram?”
E falou a Josafá: “Não queres vir comigo à guerra contra Ramot de Galaad?” Josafá disse ao rei de Israel: “Minha causa é tua; meu povo é teu povo, meus cavaleiros são teus cavaleiros”.
Josafá falou ao rei de Israel: “Peço-te que consultes a palavra do SENHOR”.
O rei de Israel reuniu os profetas, cerca de quatrocentos, e perguntou-lhes: “Devo ir à guerra contra Ramot de Galaad ou devo ficar quieto?” — “Podes ir”, responderam, “o SENHOR entregará a cidade nas tuas mãos”.
Disse então Josafá: “Não existe aqui um outro profeta do SENHOR, para que o consultemos?”
Disse o rei de Israel a Josafá: “Resta ainda um homem por meio do qual podemos consultar o SENHOR. Mas eu o odeio, porque não me profetiza coisas boas, só más: é Miquéias filho de Jemla”. Josafá retrucou: “Não fales assim, ó rei”.
O rei chamou um eunuco e lhe ordenou: “Rápido, traze-me Miquéias filho de Jemla”.
O rei de Israel e Josafá, rei de Judá, estavam sentados cada um no seu trono, vestidos com suas vestes reais, na área junto à porta de Samaria, e todos os profetas profetizavam diante deles.
Sedecias filho de Canaana fez para si uns chifres de ferro, e disse: “Assim fala o SENHOR: Com isto darás chifradas em Aram até exterminá-los”.
Todos os profetas profetizavam da mesma forma, dizendo: “Podes ir a Ramot de Galaad e serás bem sucedido. O SENHOR entregará a cidade em tuas mãos”.
O mensageiro que fora chamá-lo falou a Miquéias: “Os profetas predizem todos unanimemente coisas boas ao rei. Que tuas palavras sejam também como as deles, predizendo coisas boas!”
Disse-lhe Miquéias: “Pela vida do SENHOR, direi aquilo que o SENHOR me falar”.
Quando se apresentou ao rei, este lhe disse: “Miquéias, devemos ir a Ramot de Galaad para a guerra ou desistir?” Ele respondeu: “Podes ir, serás bem sucedido. O SENHOR entregará a cidade em tuas mãos”.
Mas o rei retrucou: “Quantas vezes devo te conjurar, em nome do SENHOR, que não me fales nada a não ser a verdade!”
Então ele lhe disse: “Vi todo o Israel disperso pelos montes, como ovelhas que não têm pastor. E o SENHOR disse: ‘Eles não têm dono. Que cada um volte em paz para casa’”.
O rei de Israel disse então a Josafá: “Não te havia dito que ele não me profetiza o bem, mas sempre o mal?”
Entretanto, Miquéias acrescentou: “Por isso, ouve a palavra do SENHOR: Vi o SENHOR sentado sobre seu trono e todo o exército do céu a seu redor, à direita e à esquerda.
E o SENHOR dizia: ‘Quem enganará Acab, para eu ele vá à guerra e caia em Ramot de Galaad? ’. E um dizia uma coisa, e outro, outra.
Veio então um espírito e apresentou-se diante do SENHOR, dizendo: ‘Eu o enganarei’. — ‘De que maneira? ’, perguntou-lhe o SENHOR.
Ele respondeu: “Ao ir até ele, serei um espírito de mentira na boca de todos os seus profetas’. E o SENHOR disse: ‘Engana-o e terás sucesso. Vai e faz assim’.
Assim o SENHOR pôs um espírito de mentira na boca de todos os teus profetas aqui, e o SENHOR decretou a tua ruína”.
Então Sedecias filho de Canaana aproximou-se e bateu Miquéias no rosto, dizendo: “Como o espírito do SENHOR saiu de mim para falar a ti?”
Miquéias respondeu: “Verás no dia em que fores de quarto em quarto para te esconder”.
E o rei de Israel disse: “Prende Miquéias e entrega-o a Amon, chefe da cidade, e a Joás, filho do rei,
e dize-lhes: ‘Assim falou o rei: Jogai este homem no cárcere e sustentai-o com pão e água em porção de penúria, até que eu volte são e salvo’”.
Disse Miquéias: “Se voltares são e salvo, Deus não falou por mim”. E acrescentou: “Povos todos, ouvi!” 
Acab, rei de Israel e Josafá, rei de Judá, foram à guerra contra Ramot de Galaad.
O rei de Israel disse a Josafá: “Vou disfarçar-me para entrar na batalha. Tu, porém, põe tuas vestes”. O rei de Israel mudou seus trajes e entrou na guerra.
O rei de Aram havia ordenado aos trinta e dois chefes dos carros: “Não ataqueis ninguém, pequeno ou grande, mas apenas o rei de Israel”.
Quando os chefes dos carros enxergaram Josafá, imaginaram que ele fosse o rei de Israel e com todo o ímpeto lançaram-se contra ele. Mas quando Josafá gritou,  os chefes dos carros entenderam que não era o rei de Israel e deixaram-no.
Entretanto alguém retesou o arco e atirou uma flecha ao acaso, atingindo o rei de Israel entre a juntura e a couraça. Este então disse ao condutor de seu carro: “Vira, leva-me para fora do combate, pois estou gravemente ferido”.
Mas como naquele dia a batalha recrudesceu, o rei de Israel ficou de pé em seu carro, enfrentando os arameus, e morreu à tarde. O sangue de sua ferida escorria no fundo do carro.
E ao pôr do sol ressoou por todo o exército o clamor: “Cada um volte para sua cidade e para sua terra!”
O rei morreu e foi levado a Samaria, onde o sepultaram.
Lavaram seu carro na piscina de Samaria, e os cães lamberam seu sangue e as prostitutas se banharam nele, conforme a palavra que o SENHOR havia dito.
Os demais feitos de Acab e tudo que fez, como a casa de marfim que construiu e todas as cidades que fortificou, está escrito no livro dos anais dos reis de Israel.
Acab adormeceu junto de seus pais, e seu filho Ocozias tornou-se rei em seu lugar.
Josafá filho de Asa havia começado a reinar sobre Judá no quarto ano de Acab, rei de Israel.
Quando começou a reinar, tinha trinta e cinco anos. Ele reinou vinte e cinco anos em Jerusalém. O nome da sua mãe era Azuba, filha de Selaqui.
Ele andou em todos os caminhos de Asa, seu pai, e não afastou-se delas. Fez o que era reto diante do SENHOR.
Contudo, os lugares altos não desapareceram. O povo ainda fazia sacrifícios e queimava incenso nos lugares altos.
Josafá fez a paz com o rei de Israel. Os demais feitos de Josafá, a grandeza de suas obras e de suas batalhas, estão escrito no livro dos anais dos reis de Judá.
Ele varreu do país o que restou da prostituição sagrada nos dias de Asa, seu pai.
Não havia então rei em Edom, mas um governador real.
O rei Josafá fizera navios em Társis, que navegariam a Ofir, por causa do ouro, mas não puderam ir, pois se quebraram em Asiongaber.
Então Ocozias filho de Acab disse a Josafá: “Que os meus servos embarquem com os teus”, mas Josafá não quis.
Josafá adormeceu junto de seus pais e foi sepultada na cidade de Davi, seu pai. Seu filho Jorão tornou-se rei em seu lugar.
Ocozias começou a reinar sobre Israel em Samaria no ano décimo sétimo de Josafá, rei de Judá, e reinou dois anos sobre Israel.
Ele fez o que é mau aos olhos do SENHOR e seguiu os caminhos de seu pai e de sua mãe, e o caminho de Jeroboão filho de Nabat, que induziu Israel ao pecado.
Também serviu a Baal e o adorou, irritando o SENHOR, Deus de Israel, exatamente como o fizera o seu pai.

Josué 5

Postado por Fifa | Marcadores: | Posted On at 09:39

Quando ouviram dizer que o SENHOR tinha secado a água do Jordão até os israelitas passarem, todos os reis dos amorreus ( no lado ocidental do Jordão ), e todos os reis de Canaã ( nos territórios próximos ao Grande Mar ), ficaram desencorajados e todo o mundo perdeu o alento diante dos israelitas.
 Naquele tempo o SENHOR disse a Josué: “Faze facas de pedra e restabelece a circuncisão entre os israelitas”.
 Ele preparou facas de pedra e circuncidou os israelitas no morro da Circuncisão.
 Eis o motivo dessa circuncisão: todo o povo que saíra do Egito, todos os guerreiros, haviam morrido pelo caminho, no deserto.
 Todos esses que saíram do Egito tinham sido circuncidados, mas o povo que nascera no caminho pelo deserto, depois da saída do Egito, não havia sido circuncidado.
 ( Durante quarenta anos, os israelitas tinham caminhado pelo deserto, até desaparecer toda a geração dos guerreiros que tinham saído do Egito e que tinham sido desobedientes à voz do SENHOR. O SENHOR havia jurado que não os deixaria ver a terra que jurara dar a seus pais, terra que mana leite e mel. )
 Os filhos ocuparam o lugar dos pais e foram circuncidados por Josué. ( Precisavam disto, porque ninguém os havia circuncidado no caminho. )
 Depois que todos foram circuncidados, permaneceram acampados no mesmo lugar, até se restabelecerem.
 E o SENHOR disse a Josué: “Hoje afastei de vós o opróbrio do Egito”. Deram àquele lugar o nome de Guilgal, como é chamado até hoje.
 Os israelitas ficaram acampados em Guilgal e celebraram a Páscoa no dia catorze do mês, à tarde, na planície de Jericó.
 No dia seguinte à Páscoa, comeram dos produtos da terra, pães ázimos e grãos tostados nesse mesmo dia.
 O maná cessou de cair no dia seguinte, quando comeram dos produtos da terra. Os israelitas não mais receberam o maná, mas naquele ano comeram dos frutos da terra de Canaã.
 Nos arredores da cidade de Jericó, Josué levantou os olhos e viu diante de si um homem de pé, com uma espada desembainhada na mão. Josué foi até ele e perguntou: “Tu és dos nossos ou dos inimigos?”
 Ele respondeu: “Não! Eu sou o chefe do exército do SENHOR, eu acabo de chegar”.
 Então Josué prostrou-se com o rosto por terra e o adorou. Depois perguntou-lhe: “O que diz meu senhor a seu servo?”
 O chefe do exército do SENHOR respondeu a Josué: “Tira as sandálias dos pés, pois o lugar em que pisas é sagrado”. E Josué fez o que lhe fora ordenado.

Jo 33

Postado por Fifa | Marcadores: | Posted On at 08:59


Tu, portanto, Jó, escuta minhas palavras e presta atenção a tudo que eu disser.
Abro agora a boca: em minha garganta fale a minha língua.
Meus discursos provêm de um reto coração e meus lábios proferirão com pureza o que eu sei.
Foi o espírito de Deus que me fez e o sopro do Poderoso me deu a vida.
Contesta-me, se podes; prepara-te diante de mim e toma posição!
Também eu, diante de Deus, sou como tu, também eu, extraído do mesmo barro.
Por isso, não tenhas medo de mim, nem te esmague o meu peso.
Pois disseste aos meus ouvidos, e ouço ainda o eco de tuas palavras:
Sou puro e sem delito, sem mancha, e não há iniqüidade em mim.
Contudo, porque encontrou pretextos contra mim, † Deus me considerou seu inimigo; prendeu meus pés no cepo e vigiou todas as minhas veredas. ’
Pois é nisto que estás errado, digo-te eu, porque Deus é maior que o ser humano.
Por que motivo discutes com ele, pelo fato de não responder-te palavra por palavra?
Deus fala uma só vez, e não repete segunda vez a mesma coisa.
Em sonho ou em visão noturna, quando o sono profundo cai sobre as pessoas adormecidas em seu leito,
então lhes abre os ouvidos e as atemoriza com aparições.
Isto, para afastar o mortal daquilo que está para fazer e livrá-lo do orgulho, impedindo sua alma de cair na cova e sua vida, de cruzar o canal da morte.
Deus o corrige também no leito, com o sofrimento, quando os ossos tremem sem parar, a ponto de, mesmo em vida, ele detestar o pão e ter repugnância pelo alimento antes apetitoso.
Sua carne se consome à vista de todos, e os ossos, que antes não se viam, aparecem; ele se aproxima da podridão da cova e sua vida, das paragens da morte.
Se comparecer junto dele um anjo, um intérprete entre milhares, para anunciar ao ser humano o que convém, para dele ter compaixão e dizer a Deus: ‘Livra-o, para que não desça à cova, pois achei motivo para ser-lhe propício. ’
Então seu corpo recobrará a seiva juvenil, e ele voltará aos dias da sua mocidade.
Suplicará a Deus, e Deus lhe será propício; e verá com alegria a sua face, a face de quem ao ser humano faz justiça.
Então cantará, diante de todos, dizendo: ‘Eu tinha pecado, violei a justiça, mas não fui submetido ao castigo.
Ele me livrou do caminho da cova para que, vivendo, pudesse ver a luz! ’
Pois Deus faz todas estas coisas duas e três vezes, com o ser humano, para retirá-lo vivo da cova e iluminá-lo com a luz dos viventes.
Presta atenção, Jó, e escuta; cala-te, enquanto eu falo.
Se, porém, tens o que dizer, responde-me; fala, pois quero que apareça a tua justiça.
Se não, escuta-me; cala-te, e eu te ensinarei a Sabedoria”.
Powered by beta.joggle.com