São Mateus, 13

Postado por Fifa Carmona | Marcadores: | Posted On quarta-feira, 28 de julho de 2010 at 08:21

O TESOURO E A PÉROLA

O Reino dos Céus é como um tesouro escondido num campo. Alguém o encontra, deixa-o lá bem escondido e, cheio de alegria, vai vender todos os seus bens e compra aquele campo.
O Reino dos Céus é também como um negociante que procura pérolas preciosas.
Ao encontrar uma de grande valor, ele vai, vende todos os bens e compra aquela pérola.
O Reino dos Céus é ainda como uma rede lançada ao mar e que pegou peixes de todo tipo.
Quando ficou cheia, os pescadores puxaram a rede para a praia, sentaram-se, recolheram os peixes bons em cestos e jogaram fora os que não prestavam.
Assim acontecerá no fim do mundo: os anjos virão para separar os maus dos justos,  e lançarão os maus na fornalha de fogo. Aí haverá choro e ranger de dentes. “
Entendestes tudo isso?” — “Sim”, responderam eles.
Então ele acrescentou: “Assim, pois, todo escriba que se torna discípulo do Reino dos Céus é como um pai de família, que tira do seu tesouro coisas novas e velhas”.
Quando Jesus terminou de contar essas parábolas, partiu dali.
Ele foi para sua própria cidade e se pôs a ensinar na sinagoga local, de modo que ficaram admirados. Diziam: “De onde lhe vêm essa sabedoria e esses milagres?
Não é ele o filho do carpinteiro? Sua mãe não se chama Maria, e seus irmãos não são Tiago, José, Simão e Judas?
E suas irmãs não estão todas conosco? De onde, então, lhe vem tudo isso?”
E ele tornou-se para eles uma pedra de tropeço. Jesus, porém, disse: “Um profeta só não é valorizado em sua própria cidade e na sua própria casa!”
E não fez ali muitos milagres, por causa da incredulidade deles.

Comments:

There are 0 comentários for São Mateus, 13

Powered by beta.joggle.com