Proverbios 4, 10-27

Postado por Fifa Carmona | Marcadores: | Posted On terça-feira, 13 de julho de 2010 at 15:39

Ouve, meu filho, recebe minhas palavras e se multiplicarão os anos de tua vida.
É o caminho da sabedoria que te mostro, é pela senda da retidão que eu te guiarei.
Se nela caminhares, teus passos não serão dificultosos; se correres, não tropeçarás.
Aferra-te à instrução, não a soltes, guarda-a, porque ela é tua vida.
Na estrada dos ímpios não te embrenhes, não sigas pelo caminho dos maus.
Evita-o, não passes por ele, desvia-te e toma outro,
Porque eles não dormiriam sem antes haverem praticado o mal, não conciliariam o sono se não tivessem feito cair alguém,  tanto mais que a maldade é o pão que comem e a violência, o vinho que bebem.
Mas a vereda dos justos é como a aurora, cujo brilho cresce até o dia pleno.
A estrada dos iníquos é tenebrosa, não percebem aquilo em que hão de tropeçar.
Meu filho, ouve as minhas palavras, inclina teu ouvido aos meus discursos.
Que eles não se afastem dos teus olhos, conserva-os no íntimo do teu coração,  pois são vida para aqueles que os encontram, saúde para todo corpo.
Guarda teu coração acima de todas as outras coisas, porque dele brotam todas as fontes da vida.
Preserva tua boca da malignidade, longe de teus lábios a falsidade!
Que teus olhos vejam de frente e que tua vista perceba o que há diante de ti!
Examina o caminho onde colocas os pés e que sejam sempre retos!
Não te desvies nem para a direita nem para a esquerda, e retira teu pé do mal.

Comments:

There are 0 comentários for Proverbios 4, 10-27