Levítico, 27

Postado por Fifa Carmona | Marcadores: | Posted On segunda-feira, 5 de julho de 2010 at 08:39


1. O SENHOR falou a Moisés:


2. “Dize aos israelitas: Se alguém fizer um voto ao SENHOR que envolve avaliação de uma pessoa,
3. esta será a tua avaliação: Se for um homem de vinte a sessenta anos, a taxa será de cinqüenta moedas † de prata, segundo o peso usado no santuário.
4. Se for mulher, será de trinta moedas.
5. Se a idade for entre cinco e vinte anos, a taxa para homens será de vinte moedas e para mulheres, dez moedas.
6. Se a idade for de um mês até cinco anos, a taxa será de cinco moedas para meninos e de três moedas para meninas.
7. Para maiores de sessenta anos, a taxa será de quinze moedas para homens e de dez moedas para mulheres.
8. Se a pessoa que fez o voto for demasiado pobre para pagar a taxa, será apresentada ao sacerdote que fará a avaliação. O sacerdote fixará a taxa segundo os recursos de quem fez o voto.
9. Tratando-se de animais aceitáveis como oferta ao SENHOR, tudo o que assim for dado ao SENHOR ficará consagrado.
10. Não poderá ser trocado, substituindo-se um bom por um ruim, ou um ruim por um bom. Se um animal for substituído por outro, os dois ficarão consagrados.
11. Tratando-se de um animal impuro que não se pode oferecer como oferta ao SENHOR, o animal será apresentado ao sacerdote.
12. O sacerdote fará a avaliação conforme a qualidade do animal, e sua avaliação será respeitada.
13. Se o ofertante quiser resgatá-lo, deverá acrescentar um quinto do seu valor.
14. Se alguém consagrar sua casa como coisa dedicada ao SENHOR, o sacerdote fará a avaliação de acordo com o estado bom ou ruim da casa, e tal avaliação ficará de pé.
15. Se a pessoa que a consagrou quiser resgatar a casa, acrescentará um quinto do valor pela qual foi avaliada, e a casa será sua.
16. Se alguém consagrar ao SENHOR parte das terras de sua propriedade, a tua avaliação será conforme a semente necessária para semeá-las: cinqüenta moedas de prata para cada carregamento de cevada.
17. Se consagrar o campo desde o ano do jubileu, terá de ater-se à tua avaliação.
18. Mas, se consagrou o campo depois do jubileu, o sacerdote calculará o valor segundo o número de anos que faltam até o próximo jubileu, a ser descontado da avaliação geral do jubileu.
19. Se aquele que consagrou o campo quiser resgatá-lo, acrescentará um quinto ao preço da avaliação, e o campo lhe pertencerá.
20. Se não o resgatar ou vender a outra pessoa, o campo já não poderá ser resgatado.
21. Quando o campo for liberado por ocasião do jubileu, será consagrado ao SENHOR como um campo votado sob interdito ao SENHOR, e passará a ser propriedade do sacerdote.
22. Se alguém consagrar ao SENHOR um campo por ele comprado — isto é, que não fazia parte de sua herança —,
23. o sacerdote calculará o valor da avaliação até o ano do jubileu, e no mesmo dia se pagará o valor estipulado, como coisa consagrada ao SENHOR.
24. No ano do jubileu o campo voltará para aquele de quem o comprou, isto é, a quem pertencia como propriedade hereditária.
25. ( Os preços serão calculados com o siclo do santuário, cujo peso corresponde a dez gramas. )
26. Contudo, ninguém poderá consagrar os primogênitos dos animais pois, como primogênitos, já pertencem ao SENHOR: seja um boi ou uma ovelha, pertencem ao SENHOR.
27. Se for um animal impuro, será resgatado conforme tua avaliação, acrescentando-se um quinto. Mas se não for resgatado, será vendido pelo preço da avaliação.
28. Nada do que alguém votou ao SENHOR como interdito, seja pessoa humana, animal ou terrenos que possui, poderá ser vendido ou resgatado. Tudo o que se vota ao SENHOR como interdito é coisa santíssima.
29. Nenhuma pessoa humana votada ao interdito poderá ser resgatada; deverá ser morta.
30. Todo o dízimo do país tirado das sementes da terra e dos frutos das árvores pertence ao SENHOR como coisa consagrada.
31. Se alguém quiser resgatar parte do dízimo, terá de acrescentar um quinto.
32. Os dízimos do gado graúdo e miúdo, cada décimo animal contado pelo cajado do pastor, será consagrado ao SENHOR.
33. Não se olhará se é bom ou ruim, nem se trocará. Mas se for trocado, ambos ficarão consagrados, tanto o animal novo como o que foi trocado, e não poderão ser resgatados”.
34. São esses os mandamentos que o SENHOR deu a Moisés, no monte Sinai, para os israelitas.

Comments:

There are 0 comentários for Levítico, 27

Powered by beta.joggle.com